sexta-feira, 10 de abril de 2015

Promessa

     Boa noite, visitantes! Sejam mais uma vez bem vindos a meu querido lar! Não pensem que pelo fato de nossos encontros não estarem tão frequentes (por razões devidamente explicadas) que esqueci de vós!
     Hoje mostrarei um poema escrito de uma maneira mais simples, onde procurei ser menos complexo. O poema foi baseados em letras de j-rock, mais especificamente aberturas e encerramentos de animes (desenhos japoneses), cujas letras em sua maioria falam de amor de uma forma mais simples,até mesmo piegas demais às vezes. Foi um desafio escrevê-lo pois não queria sair totalmente do meu estilo  e não queria ser piegas demais também.
     Não sei se fui tão bem sucedido, talvez sim. Bom, creio que vossa opinião seja decisiva para acabarmos com esta dúvida. A propósito,o título do poema é Promessa, traduzido do japonês. E não se preocupem, podem ficar um pouco até que a chuva acabe.

YAKUSOKU

Lembre-se das palavras de amor
Do que foi escrito e do que foi dito
Das viagens internas que foram realizadas
E das viagens externas que estão por vir

Mas quando lembrar-se que não viu o por do sol
Ao lado da pessoa que tanto ama
Não penses no que não ocorreu 
E sim em futuras possibilidades



Lembre também que as estrelas
Ficaram felizes ao ver teu sorriso
Já que estavam por demais satisfeitas
Em ver teu coração menos sofrido



Logo após uma noite de agressões amorosas
E de palavras gentilmente rudes
Ao amanhecer teu corpo estava feliz
E tua pele iluminada pela luz solar

Que não seja dito que haverá última vez
Pois o fim sempre vem, querendo ou não
Contudo, o momento do adeus está longe
Não é preciso sofrer antecipadamente

Portanto, ficai feliz com o “até breve”
Esperando pela próxima vez sem sofrer
Prosseguindo em teu belo caminho
Que te tornará melhor do que seu amor!

Então chegará o tão aguardado dia
Em que visualizarás em espelhos castanhos
A promessa feita há muitos anos
Daí teu pranto será muito mais feliz!



 Imagem do por do sol hospedada no site humbertobatista.zip.net
 Imagem da mulher olhando as estrelas: crédito na própria imagem

     

2 comentários:

  1. CURIOSIDADE: este poema foi inspirado pela música "Uso", 1º encerramento do anime Fullmetal Alchemist Brotherhood. música e anime dos quais gosto muito. Porém a influência da música foi inversa,já que ela fala do não cumprimento de uma promessa, tema que me deixa muito triste, pois promessas foram feitas para serem cumpridas, salvo raras exceções, devido a circunstâncias graves. Resolvi entaõ, escrever um poema que falasse de bons momentos entre pessoas e que lembrasse de uma promessa feita anos atrás. Creio que a pessoa não lembre mais da promessa mas o que importa é que a pessoa que a fez lembre e a cumpra! Eis aqui a música que a inspirou

    http://letras.mus.br/fullmetal-alchemist/1466423/traducao.html

    ResponderExcluir
  2. Escreveste com tanta sutileza e beleza que chegou a me encantar.Promessas são promessas e se foram feitas, que não sejam quebradas! Que fiquem como um raio de luz que dissipa as trevas e orientam o norte, a estrada, o sentido da vida... o sonho!

    ResponderExcluir